×

Tudo sobre: Mitsubishi Lancer Evolution VII

Mitsubishi Lancer Evolution VII

Tudo sobre: Mitsubishi Lancer Evolution VII

O Mitsubishi Lancer Evolution VII é a sétima geração do famoso modelo de alta performance da marca japonesa. Lançado em 2001, o Evo VII trouxe diversas melhorias em relação ao seu antecessor, tanto no design quanto na mecânica. Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre esse carro que marcou época e ainda faz a cabeça de muitos fãs de velocidade.

Motores

O Evo VII era equipado com um motor 2.0 turbo de quatro cilindros em linha, chamado de 4G63. Esse propulsor era capaz de gerar 280 cv de potência e 38,1 kgfm de torque, números impressionantes para a época. O motor era acoplado a uma transmissão manual de cinco marchas ou a uma automática de seis velocidades, ambas com tração integral.

O Evo VII também contava com um sistema de controle de tração chamado de Active Yaw Control (AYC). Essa inovação distribuía a força entre as rodas traseiras de acordo com a situação de condução, melhorando significativamente a estabilidade e a agilidade do carro. Além disso, o veículo apresentava suspensão independente nas quatro rodas. Com freios a disco ventilados, equipados com ABS e EBD, o Evo VII garantia uma resposta de frenagem eficiente em diversas condições. As rodas de 17 polegadas, combinadas com pneus 235/45, complementavam o conjunto, proporcionando não apenas um desempenho excepcional, mas também um design imponente.

Motor 4G63

Motor 4G63

Especificações dos motores

As especificações técnicas do motor 4G63 do Evo VII eram as seguintes:

  • Cilindrada: 1997 cm³
  • Diâmetro x curso: 85 x 88 mm
  • Taxa de compressão: 8,8:1
  • Potência máxima: 280 cv a 6500 rpm
  • Torque máximo: 38,1 kgfm a 3500 rpm
  • Alimentação: injeção eletrônica multiponto sequencial e turbocompressor com intercooler
  • Combustível: gasolina
  • Peso: 1480 kg

Leia também: Subaru: a marca que conquistou o mundo do rali

Presença na cultura pop

O Evo VII ficou famoso por sua participação em diversos filmes, jogos e séries de TV. Um dos exemplos mais conhecidos é o filme Velozes e Furiosos 2, de 2003, onde o personagem Brian O’Conner, interpretado por Paul Walker, dirige um Evo VII amarelo com listras pretas. O carro também aparece em outros filmes da franquia, como Velozes e Furiosos 7 e Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw.

Outro filme que conta com a presença do Evo VII é o japonês Initial D, de 2005, baseado no mangá e anime de mesmo nome. O personagem Ryosuke Takahashi, líder do time de corrida RedSuns, usa um Evo VII branco com detalhes vermelhos. Outros personagens da série, como Kyoichi Sudo e Seiji Iwaki, também usam o carro.

No mundo dos jogos, o Evo VII também marcou presença em diversos títulos, como Gran Turismo, Need for Speed, Forza Motorsport, Colin McRae Rally, entre outros. O carro era um dos favoritos dos jogadores por seu desempenho, sua aparência e sua personalização.

Mitsubishi Lancer Evolution VII de Brian O'Connel do filme + Velozes, + Furiosos (2003)

Mitsubishi Lancer Evolution VII de Brian O’Connel do filme + Velozes, + Furiosos (2003)

Preços de um Mitsubishi Lancer Evolution VII hoje

Entre 2001 e 2003, a Mitsubishi produziu o Evo VII, com aproximadamente 12 mil unidades vendidas em todo o mundo. Atualmente, o Mitsubishi Evo VII é reconhecido como um clássico entre os esportivos japoneses, e seu valor pode variar consideravelmente. Isso acontece levando em conta o estado de conservação, a quilometragem, a procedência e a originalidade.

Apesar de nunca ter sido comercializado oficialmente no Brasil, alguns entusiastas importaram exemplares. De acordo com informações do site Webmotors, o preço médio desse modelo no país gira em torno de R$ 180 mil, podendo atingir até R$ 250 mil em casos específicos.

Em outros países, como Estados Unidos, Reino Unido e Japão, o Evo VII também desfruta de uma valorização significativa, com valores variando entre US$ 20 mil e US$ 40 mil, dependendo das condições do mercado.

 

https://www.webmotors.com.br/carros/estoque/mitsubishi/lancer

Uma curiosidade única dele

Uma curiosidade única do Mitsubishi Evo VII é que ele foi o primeiro carro a usar um sistema de controle de estabilidade chamado de Active Center Differential (ACD). Esse sistema ajustava a distribuição de torque entre os eixos dianteiro e traseiro de acordo com três modos selecionáveis pelo motorista: asfalto, cascalho e neve. Com essa inovação tecnológica, o Evo VII apresentava uma capacidade notável de adaptação às diferentes condições de piso.

Por meio do ACD, o carro não apenas se destacava em termos de desempenho, mas também elevava os padrões de segurança. Essa tecnologia revolucionária permitia uma resposta instantânea às variações de terreno, proporcionando uma condução mais estável e eficiente. Vale ressaltar que o sucesso do Active Center Differential foi tão significativo que se estendeu a todas as gerações posteriores do Evo, mantendo-se presente até mesmo no Evo X.

ACD/Active Center Differential| 車の大辞典cacaca

Post Comment