×

Toyota suspende remessas após descobrir falhas de segurança

Toyota suspende remessas após descobrir falhas de segurança

A Daihatsu, subsidiária da Toyota, optou por parar temporariamente o envio de carros após a identificação de problemas de segurança, levando a uma suspensão nas remessas. A marca japonesa está atualmente sob investigação por manipulação de testes de colisão e pelo uso de unidades de controle de airbag diferentes das disponibilizadas ao público em geral.

Surpresa desagradável para motoristas brasileiros de carros asiáticos

Enquanto muitos motoristas brasileiros escolhem veículos de marcas asiáticas devido à experiência tranquila no pós-venda e à relação custo-benefício, uma das principais marcas, a Daihatsu, causou apreensão em seus clientes ao interromper o envio de todos os seus veículos. A decisão foi tomada após uma investigação que revelou questões de segurança significativas em seus carros.

Leia também: Conheça os 5 carros mais caros do mundo em 2024

Admissão de fraudes e compromissos futuros

A Daihatsu admitiu ter manipulado testes de colisão em 88 mil carros compactos, a maioria dos quais comercializada sob a marca Toyota. Uma comissão independente foi instaurada após a revelação, em abril, da fraude nos testes de segurança contra colisões laterais. A prática envolvia a alteração de dados para garantir que os carros atendessem aos padrões de segurança exigidos pelo governo japonês. Além disso, a empresa assegurou que não há evidências de que os carros sejam inseguros, mas emitiu um pedido de desculpas e prometeu tomar medidas para evitar reincidências.

Leia também: JP Performance: a paixão pelo turbo e pela velocidade

Impacto na Toyota e recall abrangente de veículos

A Toyota, detentora de 51% da Daihatsu, sofreu repercussões negativas, incluindo a queda nas ações e um recall significativo de 1,12 milhão de veículos devido a problemas nos airbags. A questão está centrada nos sensores do Sistema de Classificação de Ocupantes (OCS), suspeitos de apresentarem curto-circuito, especialmente em modelos fabricados entre 2020 e 2022.

Leia também: Honda, uma das marcas de JDMs mais famosas do mundo

Recall e substituição de airbags para resolução do problema

O recall abrange modelos como Avalon, Corolla, Lexus Es250, ES350 e ES300H, Camry, RAV4, Sienna Hybrid e RX350 Highlander, impactando 1,12 milhão de veículos. Os sensores do OCS, que identificam os ocupantes nos bancos e determinam se os airbags devem ser acionados, são o foco principal. A empresa se comprometeu a substituir gratuitamente os airbags dos veículos afetados e informará os consumidores até fevereiro de 2024 se seus carros estão nessa categoria.

Toyota Corolla MY24

Toyota Corolla MY24

Siga o Mundo Motorizado nas redes sociais: https://linktr.ee/sitemundomotorizado
Instagram: https://www.instagram.com/sitemundomotorizado/
Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=61555939083743
Tiktok: https://www.tiktok.com/@sitemundomotorizado?lang=pt-br
Canal no Telegram com as últimas notícias: https://t.me/sitemundomotorizado

4 comments

Post Comment